Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

o nosso problema da crise está definitivamente resolvido

A malta agora vai trocar FADOS por dívida.

Vamos exportar FADO.

Temos montes de FADOS para vender.

E por cada EURO da nossa dívida temos dois FADOS para a troca.

 

Tem também uns gajos que trocam Flamengo Sevilhano por crise.

Outros dão Tango e resolvem crises.

Mais uns Mariachi que aquecem tanto que ninguém sequer pensa em crise.

E depois sobram os outros europeus e mais os americanos que agora estão bem lixados porque não têm como se safar da crise.

 

Europa e Estados Unidos unem esforços para combater crise da dívida

estranha forma de governar a vida

É errado dizer que aqui nesta terra não tem indignados só porque não foi ninguém ao parque de Santa Catarina.

Temos de explicar a esta senhora Carla Abreu que para convocar alguém para uma festa é preciso saber dar música às pessoas. Não é só ir no FACE e convidar a malta. 

Depois temos de fazer ver à senhora professora de música que os Indignados desta terra fazem semanalmente uma reunião, só que não é no parque, nem é às quatro da tarde.

Querida Carla, fica a menina a saber que os Indignados madeirenses reúnem semanalmente nas VESPAS, no COPA, no FX, na PONCHA, na CASA VELHA, em todas as tascas da cidade, mas nunca no parque. E sempre depois de o sol se pôr.

 

Indignados na Madeira: Ninguém compareceu à manifestação

Uma professora de música no Conservatório da Madeira, Carla Abreu, que organizou hoje, pela segunda vez, uma manifestação de indignados no Funchal, está "bastante desiludida" com a inércia dos madeirenses.

GEVE GERAL

estes pardieiro está em greve.

portantos as bilhardices hoje são todas gamadas de outros tascos.

 

 

Autarca do Peru declara que água da torneira pode ser a causa de aumentar a percentagem de habitantes gays

 

 

Jornalista russa demitida por gesto obsceno contra Obama

Tatiana Limanova mostrou o dedo médio contra o Presidente dos EUA

 

Matou um homem por causa de uma cabra

 

Está à venda uma boneca que diz palavrões

 

Guia Michelin distingue doze restaurantes portugueses

 

O princípio do fim daquela parte que fica no meio

 

 

 

 

apaga a luz Alberto

Que a rapaziada é que tem de pagar as contas.

Apaga lá a luz ò tio Alberto!

Ok! Vais apagar só pó ano que vem, tá bem tá, deixa estar que a gente arranja mais dinheiro pa essas luzinhas. Até porque o Sílvio Santo precisa de pagar a casita e não só.

 

 

A Madeira vai gastar mais de três milhões de euros em luzes de Natal e no fogo-de-artifício da passagem de ano, informa o «Público».

O pagamento, contudo, só vai ser feito em 2012, porque o Governo Regional está agora com falta de liquidez.

A adjudicação foi feita por ajuste directo à Luzosfera, empresa do grupo SIRAM. Isto depois de o concurso público ter sido cancelado, por queixas dos outros concorrentes.

A empresa é do antigo deputado regional do PSD Sílvio Santos e é favorecida pelo Governo Regional desde 1996.

Pág. 1/3