Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

O Pião

Jogo de outro tempo, entre muitos outros, o jogo do Pião foi um companheiro nos meus tempos de buzico, metido na algibeira ia para todo o lado e estava sempre pronto para uma querela entre amigos. Feito à mão com madeira de pinho ou ameixoeira, com um prego a fazer de ferrão e uma carapeta frágil, era um brinquedo de eleição pelo qual nutria uma especial estima, não só por se tratar de um dos poucos que tinha , mas também por ser obra minha , um trabalho delicado e moroso. Para jogar precisava de uma fieira , que tinha de ser comprada na mercearia do senhor Manuel, lugar que também vendia Piões , estes , claro , com ar sofisticado e sumptuoso, mas normalmente pouco eficiente.

A batalha do Pião , um jogo em que, tinha de ser realizado no chão um círculo , depois cada um dos jogadores por sua ordem , atiram o Pião a girar dentro do círculo, quem ficar dentro terá de manter aí o seu Pião , quem saiu do círculo volta a jogar , e agora para acertar com o ferrão nos que ali se encontram , mas sempre a girar.

Hoje, os jogos são outros , são mais as PSP e os Bayblades.


Mais uma bisbilhotice!