Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

os milhões da dívida regional

Entretanto, o Estado assumiu milhões de dívida regional. No fundo, a Madeira está com problemas. Sofreu 50% de cortes de fundos comunitários e a dívida global já ultrapassou os mil milhões de euros. O modelo de desenvolvimento esgotou-se.

E foi aí que o Alberto, de pequeno burro nada tem, aproveitou e manda fazer mais uma obra, desta feita, uma colecção de obras foto-literárias, que pensa vender por 50 contos. Para quem durante anos, vem enchendo o litoral de betão, esta é uma nova faceta do seu modus operandi, e em verdade muito mais útil, serve ao menos para decorar estantes.

Alberto João Jardim gastou cerca de 160 mil euros em colecções de livros e bandeiras. A colecção regista fotograficamente todas as obras de João Jardim, ao longo de 30 anos. As bandeiras foram distribuídas à população para colocar à varanda.
[link]


Mas, há quem recuse como forma de protesto por não ter recebido o dinheiro da expropriação de terras que serviram para as obras que João Jardim assinala agora nos livros. «A mim roubaram-me a terra para construir um restaurante. A autonomia tirou-me os bens e nunca me pagaram», desabafa uma madeirense.

A menina está a reclamar porquê? Não botou o cruz na seta! E então! Votou nele e agora resmunga. É bem feito sim senhor.


«Res Non Verba (actos e palavras)», assim, se chama a obra que custa 250 euros. Os livros já estão à venda e Jardim até sugere que se compre para oferecer aos amigos.

Este casal de amigos, da foto que se segue, já fez encomenda de duas dúzias.


e assim este Zombador afincou mais uma bilhardice!

1 comentário

Comentar post