Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

é hoje que vou armar o presépio

Daqui a nada começo com os trabalhos masoquistas mas obrigatórios de construção da lapinha aqui no botequim. Sou ateu mas não posso negar que gosto de carne-vinho-e-alhos, de receber presentes e de Licor Tintantum. Sem esquecer também o Bolo de Mel, mas isso devoro ao pequeno almoço durante todo o ano. Mas nem tudo são rosas nesta época do somos-todos-amigos-e-o-que-queremos-é-paz, existem duas ou mesmo três coisas arreliantes, e a primeira está relacionada com o Ferrero Rocher, passamos o ano todo sem lhe pôr a vista em cima, desejamos um que seja, e nada, para de repente invadirem as nossas mercearias com pilas, pirâmides e amontoados de caixas com esses ferreros por todo o lado. Isto não se faz. É que faz mal comer tanto chocolate de uma só vez. A segunda arreliação é ainda mais arreliante que a falta do Rocher durante o resto do ano, tem a ver com o filho da mãe do Pai Natal. Enganaram as crianças com a fantasia do velho das barbas brancas e mais a história de vir no seu trenó puxado por renas à meia noite com um saco cheio de presentes, quando é tudo mentira, e quem se lixa com isto somos nós, que lá temos de andar agoniados estes dias à procura de presentinhos, sem saber bem o que comprar, para aquele sobrinho irritante que torce o nariz mesmo antes de rasgar o embrulho. E por fim, a terceira arrelia é tecnológica e são aqueles SMS's que a gente recebe durante estes dias, um gajo só descobre que tem tantos amigos quando chega ao Natal e também descobre que deveria estar mesmo louco para ter dado o número de telefone a tanta gente.

FELIZ NATAL PARA TODOS

PS: Estes votos são extensíveis a todos os meus queridos amigos que gentilmente presentearam com SMS's de boas festas, e assim evito a trabalheira de mandar mensagens por telemóvel.

3 comentários

Comentar post