Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

Perdidos e Achados

Na Primavera de 1998, a questão da pedofilia chamou a atenção do país.
Câmara de Lobos era, então, uma vila quase desconhecida. Depois das denúncias passou a estar nos jornais, rádios e televisões de todo o país e até da Europa. Dez anos depois, a SIC voltou à cidade madeirense e reencontrou os protagonistas da reportagem de 1998. Quisemos saber o que mudou na comunidade piscatória e na vida das crianças vítimas da pobreza.




Deve ser engano, aqui nesta ilha não existe o termo "pobre", apenas é conhecida a expressão "os que não são muito ricos" e esses segundo dizem são uma minoria, o mais normal é encontrar por aqui aqueles novos ricos que vivem em casas de valor superior a um milhão de euros e passeiam nos seus carros de valor compreendido entre os cem e os cento e cinquenta mil euros. Barracões? Bairros sociais? Malvinas? O que é isso?


nota de rodapé: nestes anos todos o governo regional tem aplicado uma política do tipo "doméstica vadia", o que é o mesmo do que dizer que é mais fácil varrer a sujidade para debaixo do tapete e a casa até que parece arrumada sem que um gajo se chateei muito com isso.

4 comentários

Comentar post