Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

o dia em que fomos trocar os presentes natalícios

Muito melhor do que receber prendas, é um dia depois termos que as ir trocar. E hoje foi esse dia, provavelmente o dia mais divertido do ano. É muito mais engraçado do que comprar presentes, as trocas é uma espécie de rally papper por lojas, lojinhas e shoppingues. Quando saímos de casa atafulhados de sacos com presentes para a troca, sabemos logo onde vamos, o roteiro das lojas está traçado. Apenas precisamos de uma estratégia para fazer o percurso no menor tempo possível. Confesso que no meu caso é ainda tudo mais entusiasmante, porque não só raramente acertam no meu tamanho, como sempre me presenteiam com uma cor e padrão pela qual não tenho muita estima. No meio disto tudo o que me causa alguma tristeza é essa coisa da crise, é que por causa dela, espero tenha sido apenas por isso, foram tão poucos os presentes recebidos por este tasco que bastaram pouco mais de duas horas para fazer todas as trocas.

4 comentários

Comentar post