Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

Mais um Sabado no sítio do costume

Largo do Poço

É este o local onde, por excelência, se concentram os pescadores quando não se encontram na faina da pesca e, também, onde nos seus vários bares pode ser apreciada a tradicional poncha e saboreada a sapata ou a gata, popularmente conhecidas por bacalhau de Câmara de Lobos.
Largo Existente no centro da cidade de Câmara de Lobos. Possui conexões com a rua da Carreira, com a rua Brito Capelo e com a rua de São João de Deus, que aqui têm o seu inicio e, ainda com a rua de Nossa Senhora da Conceição, que nele termina.
É este o local onde, por excelência, se concentram os pescadores quando não se encontram na faina da pesca e, também, onde nos seus vários bares pode ser apreciada a tradicional poncha e saboreada a sapata ou a gata, popularmente conhecidas por bacalhau de Câmara de Lobos.
Com efeito, o facto da secagem destas espécies de esqualos, se fazer em Câmara de Lobos e o facto de, depois de secos, se assemelharem ao bacalhau explicam perfeitamente a sua forte relação tanto com o bacalhau, como com este centro piscatório.
A atribuição do nome ao Largo
Popularmente conhecido por Largo do Poço, a Câmara Municipal de Câmara de Lobos, na sua sessão de 23 de Fevereiro de 1966, deliberou atribuir o nome do Dr. Eduardo Antonino Pestana a este espaço. Como factores relevantes na decisão camarária para a homenagem, a deliberação adiantava o facto de ter nascido na vila de Câmara de Lobos, vivendo parte da sua mocidade no largo do Poço e o reconhecimento dos seus excepcionais dotes de carácter, inteligência, vasto saber e competência, como professor efectivo dos liceus, antigo director do ensino primário, jornalista, publicista e licenciado em letras e direito e advogado.
A cerimónia de descerramento das respectivas placas toponímicas, antecedida por uma sessão solene realizada nos paços do concelho, teve lugar no dia 26 de Agosto de 1966, num acto que contou com a presença de D. Elvira Gersão Pestana, viúva do homenageado.
O Poço da Vila
Ainda que este largo ostente, desde 1966, o nome do Dr. Eduardo Antonino Pestana e possua bem visíveis as correspondentes placas toponímicas, a verdade é que a tradição popular insiste na antiga denominação, sendo por isso mais conhecido por largo do Poço, do que por largo Dr. Eduardo Antonino Pestana.

( já lá está a placa toponímica "Largo do Poço" )

Mais uma bilhardice!