Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

livro de reclamações

O sábado de manhã é, sem sombra para dúvidas, o melhor dia para um passeio na baixa da cidade. O Funchal atrai ao centro da cidade o povo ávido em gastar as suas economias nas poucas lojas de comercio tradicional, abertas até à hora de almoço. Depois, fecham as lojas e a cidade fica deserta. Hoje é dia de Feira do Livro e a Placa Central está ornamentada com tendas muçulmanas repletas de livros. Mais um motivo para um gajo se deslocar ao centro da cidade. E fui. Pensava comprar um livro. Levantei cedo e depois do habitual mergulho no oceano, dei rumo até à Feira. A cidade estava repleta de gente a fazer compras nas lojas de comercio tradicional. Isto até era verdade não fosse a crise. E Eu apenas queria um livro. O meu destino era a Feira, só a Feira. Mas bati com a cara na tenda. A Feira apenas abre lonas depois das 13 horas. Faz pouco sentido, é tradicional o comercio no Funchal ao sábado se realizar apenas de manhã, e a Feira, só para contrariar, fecha quando tudo está aberto e abre quando a cidade fecha. Não comprei o livro e agora vou ler na net. Mas em vez do livro comprei algo muito melhor, chocolate. Quase um quilo numa loja ali perto do jardim e mesmo ao lado das tendas fechadas.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.