Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

300 gramas

Um gajo quando não tem rigorosamente mais nada que fazer, mesmo sendo um gajo que não liga a essas merdas, faz coisas que não lembra a ninguém. Como por exemplo: usar a balança digital de alta precisão que tem instalada na casinha de banho para uso exclusivo de meninas preocupadas com curvinhas a mais.

Mas gajo que é gajo faz as coisas de forma extremamente científica. Que é o mesmo do que dizer: um gajo quase consegue fazer uma tese de doutoramento só por pisar uma balança.

Andam as gajas todas malucas com essas coisas dos ginásios e das dietas radicais, quando tudo pode ser bem mais simples.

Entrei na sala de banhos da minha casa por volta das oito e qualquer coisa, olhei o espelho e cocei o queixo. Em outras comichões nem pensei. Por curiosidade de quem tem pouco que fazer, saltei para cima da balança antes do banho. Passados dez minutos de água a escorrer por este corpo pesado, sequei cuidadosamente todas as gotas para evitar resfriados e outras aflições, como é o caso dessa gripe A. Ainda sem nada que fazer, acabei fazendo coisas de gaja e voltei à balança. Trezentas gramas foi a diferença entre o antes e o depois. Dez minutos de banho valem mais que uma corrida de cinco quilómetros.

Escusam estar para aí a pensar "este gajo trabalha na obras" que isso não é verdade. Não estava carregado de lama. Talvez duas a três gramitas, mas nada mais do que isso.