Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

arreliante, quanto mais não seja, arrelia

Imaginem a vida de um gajo por estes dias, se por mero acaso esse gajo odiar o Natal e o seu reluzente envolvente.

Conseguem imaginar? Nem eu. Um gajo respirar luzinhas e enfeites natalícios por todo o lado, pais natais e estrelinhas a cada canto, montras decoradas com presentes e neve de esferovite. Inimaginável alguém odiar o Natal. Suicídio na certa. Era tal e qual um gajo que não gosta de periquitas acabar por tirar o curso de medicina ginecológica. Eu nem desconfio o que faz um ginecologista na sua actividade diária, nem quero saber, mas imagino que um gajo que não gosta de fanfinhas vai certamente preferir ter como actividade Pai Natal, do que passar o dia de bico de pato na mão.