Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

BILHARDEIRO

Agora sem fazer grandes ZumBidos

Mar Salgado

Não sou o dono disto tudo. Este pardieiro onde escrevo não é meo, é do Sapo. Não tenho nada, mas sei de tudo. Se Ricardo Doce é vítima de um banco do tamanho de Portugal e culpas não tem, então daqui a nada a besta sou eu. E todos quantos viram as suas poupanças voar. É uma espécie de empurra para o lado a ver se cola. Tipo relato de futebol. Salgado passa em profundidade para Carlos, devolve a Bava e finta Granadeiro para um golo limpo. Tipo penalti à Pinto da Costa. Um empate era o resultado mais acertado e prisão perpétua para o árbitro.